Artigos Científicos

25 de Outubro de 2013
Vitamina D: benéfica no tratamento de doenças autoimunes
Uma recente revisão, publicada em Clinical Reviews in Allergy & Inmunolology, analisa os efeitos da vitamina D nas patologias autoimunes.

A vitamina D está associada, historicamente, com a regulação do metabolismo ósseo e a prevenção de algumas patologias. Agora, uma crescente evidencia demonstra uma forte associação entre esta vitamina e muitos processos biológicos que regulam as respostas imunes, segundo "The Implication of Vitamin D and Autoimmunity: a Comprehensive Review", uma revisão difundida recentemente pela Revista Clinical Reviews in Allergy & Inmumlogy.

Três investigadores da Divisão de Reumatologia, Alergia e Imunologia Clínica da Universidade de Califórnia, e o Dr. Iannis Adamopoulos, do Hospital Shriners de Califórnia, Estados Unidos, realizaram esta revisão para analisar cinco grandes áreas da biologia da vitamina D de grande importância imunológica. Entre elas, o metabolismo da vitamina D, e a importância dos polimorfismos do receptor desta vitamina nas doenças autoimunes: como a esclerose múltipla, diabetes mellitus tipo I, e o lúpus eritematoso sistêmico. Também investigaram a vitamina D como receptor de regulação de transcrição de linhagens de células imunes (Th1, Th17, Th2, T reguladoras, e células T assassinas naturais); e a prevalência de sua insuficiência em pacientes que padecem estas doenças autoimunes.

A conclusão do exame é que a vitamina D regula a expressão gênica e exerce efeitos imuno-moduladores. Foi comprovado que esta pode ser sintetizada espontaneamente a partir do colesterol cutâneo (após a exposição a raios UV-B), e tem efeitos pleiotrópicos sobre o sistema imune. Portanto, o deterioro da sinalização da vitamina D e/ou inadequada ingestão de vitamina D (causada por predisposição genética: por exemplo, polimorfismos VDR, y/o fatores ambientais: insuficiente exposição à luz solar) pode contribuir para a aparição e a progressão de autoimunidade. Da mesma forma, como foi descoberta uma alta prevalência de insuficiência e deficiência desta vitamina nos pacientes com diabetes mellitus tipo I, esclerose múltipla, e lúpus eritematoso sistêmico, estes investigadores recomendam a ingestão de suplementos de vitamina D no tratamento destas patologias.

Ingresse agora em "The Implication of Vitamin D and Autoimmunity: a Comprehensive Review", disponível para leitura no Instituto Core Journals de RIMA.

Instituto Core Journals de RIMA
Comentários
Seja o primeiro a comentar essa notícia.
Escreva seu comentário
Nome:
Email:
Comentário:
Código de verificação
Outros Artigos

@abmnet https://t.co/GcfdwBWrfg
Enviado em: 25/04/2019 | 16:14:18
@abmnet A ABM agradece a todos que fizeram parte da VI Lavagem do Peritônio. Ano que vem tem mais! https://t.co/PCEiMczO6w
Enviado em: 20/02/2019 | 18:32:38
INESS: Simulação Realística na Bahia
Médicos estrangeiros no Brasil. Deputado Mandeta
Tel.: 71 2107-9666
Rua Baependi, Nº 162
Ondina, Salvador - Bahia
CEP: 40170-070
2010 - 2019. ABM. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital